domingo, 16 de agosto de 2009

Os caminhos se alongam...


Os caminhos se alongam...
..........................................
Os caminhos se alongam,
rompem divisas distantes,
persistem esperas pacientes
profícuas e permanentes...
Ainda conduzem incansáveis
essas buscas memoráveis
que demarcam cada ser
nos seus sonhos, suas quimeras...
Essa viagem progressiva
tem boleto só de ida,
definida é a chegada,
urgente é a saída...
O roteiro, a explicação
dos caminhos alongados,
(também chamados de vida)
estão estampados
dentro do coração...
... Há uma tabuleta apontando,
dando orientação,
nela está escrito:
Compaixão!
.......................................
imagem: Google

22 comentários:

tereza disse...

"estão estampados
dentro do coração.."
Belo e sentido.
Gaivota, logo mais passa no blog tem selo para vc.
bjs no coração

Úrsula Avner disse...

Seus voos de gaivota nas asas da poesia são altos e contagiantes. Belo poema, de grande sensibilidade e delicadeza poética. Bj.

Bya.moon disse...

Segue a direção aquele em que ele aponta e sinta dos caminhos no qual se constroem ou foram construídos percorra e siga a bussola que é seu corção.
Um abraço boa semana.

Rosan disse...

Oi
Muito bonito seu blog.
As imagens são perfeitas, combinando com os poemas.
Gostei do poema Ar....
Você escreve muito bem.

gostei.

Chica disse...

Um lindo texto, lindo e longo caminho, apontando uma direção,a COMPAIXão, que sem dúvida é preciso para caminhar pela vida...Até mesmo de nós temos que ter...beijos,chica

Silvia Freedom disse...

Lindo querida....Compaixão é mesmo forte e de amor!

Beijos no coração.

Silvia Freedom disse...

Lindo querida....Compaixão é mesmo forte e de amor!

Beijos no coração.

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...siempre tengo sobre mi mesita a richard bach , es genial su lectura y ejemplar vida de ella,amar, sentir y v vir
todas las sensaciones
que den paz En este tiempo
para descansar, gaviota dourada
,
sosiego y
tranquildad a nuestro corazon.
Desde mis HORAS ROTAS,
y AULA DE PAZ
un afectuoso abrazo y
cariño compartido
siempre desde el alma
saludos
de amistad:
---Jose Ramon---

Norma Villares disse...

Há caminhos e Caminhos. Sempre que lidamos com vida, também deparamos com caminhos. Escolher o melhor eis a questão. Obrigada pela visita. Abraços

DILERMArtins disse...

Mas bah, Gaivota.
Que lindo caminho esse é o caminho do amor sem exigência, sem afinidade, sem paixão. Do Amor Compaixão!
Lindo poema, parabéns!

DILERMArtins disse...

Mas bah, Gaivota.
Que lindo caminho esse é o caminho do amor sem exigência, sem afinidade, sem paixão. Do Amor Compaixão!
Lindo poema, parabéns!

CarlaSofia disse...

A compaixão é um sentimento muito belo e forte.
beijinhos*

Isabel José António disse...

Querida Gaivota 22

Estamos finalmente de regresso e vemos que o seu blogue continus lindo como sempre!

Actualizámos todos os nossos blogues e também estamos a incentivar os nossos amigos a irem ver um blogue sobre Vegetarianismo como Ética para a Vida - o link está no nosso Blogue Observatório e é o

http://chefvegetariano.blogspot.com

Um abraço e até breve,

Isabel

Joéliton dos Santos disse...

Olá Pessoal,
É com muita satisfação que venho para divulgar meu primeiro livro.
Entre no meu blog e confira o meu filhote.


Por favor, ajude minha divulgação. Coloque no seu blog meu livro.
Abração

gaivota disse...

olá gaivota, retribuo a visita e encontro aqui um lindo cantinho!
um poema bonito, caminhando em sentimenmtos....
beijinhos

Crix disse...

Olá Gaivota!
Venho agradecer-lhe os seus comentários tão bonitos. Ao descobrir os seus espaços vejo que poesia é consigo, por isso eu vou voltar.
Não sei escrever um verso mas adoro poesia... :)
Um grande abraço

tereza disse...

Querida Gaivota, tem selo para vc no blog.
bjs no coração

António Machado disse...

Cara Amiga Gaivota22,

Lindíssimo poema. Muitos parabéns.

Vim dizer-lhe que o meu blogue sobre Vegetarianismo já se encontra actualizado com um post sobre os conceitos que dão forma a este regime alimentar.

Se o quiser visitar...

Um abraço

António Machado

Papagaio Mudo disse...

esse é o caminho do calvário...

abraços,

Gustavo

Bya.moon disse...

Bem do alto da montanha...mais que um arranha céu. aí apontam a direção que aqui dentro já se sentia!

Anne Lieri disse...

Bela e comovente poesia!Muito talento nesse blog,menina!Grandes voos!Bjs,

Anderson Fabiano disse...

prefiro as chegadas e jamais as despidas, inda que a estação da vida seja a mesma. comprei meu boleto e paguei com a dor dos desencontros pregressos. agora sorrio...
meu carinho,
anderson fabiano
ps: vc deixa eu linkar o seu blog no meu?