terça-feira, 6 de julho de 2010

Ainda..



Ainda pairam as luzes no Poema...
Porque Luz e Poesia vibram unidas,
porque unidas constroem a Alma...
Ainda se ouve o som das palavras
que cantam os versos prânicos
que fazem bater o coração
e estendem o caminho...
São o perto e o longe,
são como visões a nos chamar,
são alamedas que nos abraçam,
e nesse abraço nos revelamos consciência...
Ainda pairam as luzes no Poema...

21 comentários:

Chica disse...

Que maravilhoso te ler, continuas inspiradíssima,gaivota!

Aguardo teu retorno!beijos, tudo de bom,chica

DILERMArtins disse...

Mas bah, guria.
Que bom tê-la de volta, vez por outra...
Lindos versos, parabéns.

GRAÇA disse...

Muito lindo o teu poema,voamos com ele!
Bjs
Graça

Helena disse...

Sempre pairam luzes no poema de quem escreve com a alma...
Sabe que ler você é sempre aquela sensação de paz, de certeza, de pensamento e momentos bons?...
Saudade gigante, minha amiga!
Sem tempo pra estar nos lugares onde estava antes.. rs... Mas feliz, como você disse que seria.
Amodooooooooooooooooro você!
Beijo, beijo, beijooooooooo!

Chica disse...

Vim deixar meu beijo e dizer das saudades,Tudo de bom,chica

AVOGI disse...

mas este blogue está muito atrasado. por favor nao pares . estas fotos sao ...lindas. é uma pena o blogue nao andar. kis :)

ONG ALERTA disse...

As luzes da inspiração, lindo, beijo Lisette.

Lilá(s) disse...

Tão lindo!
Bjs

GEEL - Grupo Espírita Esperança e Luz disse...

Palavras maravilhosas que preenchem a alma.
Beijos. Sonia.

anderson fabiano disse...

... dia desses, comentava com lena, essa coisa dos dons confiados pelo Grande Pai.

ouvíamos miles davis, num solo irrepreensível de jazz e fascinava-me a facilidade com que seu trumpete "dialogava" com a gente.

queria saber entender como certas pessoas faziam coisas que iam tão dentro da gente... sempre quis saber emocionar as pessoas...

hoje, venho aqui deixar um beijo e saio emocionado com sua mágica competência de iluminar tudo a sua volta.

meu carinho,
anderson fabiano

anderson fabiano disse...

... dia desses, comentava com lena, essa coisa dos dons confiados pelo Grande Pai.

ouvíamos miles davis, num solo irrepreensível de jazz e fascinava-me a facilidade com que seu trumpete "dialogava" com a gente.

queria saber entender como certas pessoas faziam coisas que iam tão dentro da gente... sempre quis saber emocionar as pessoas...

hoje, venho aqui deixar um beijo e saio emocionado com sua mágica competência de iluminar tudo a sua volta.

meu carinho,
anderson fabiano

ONG ALERTA disse...

Um caminho a seguir, beijo Lisette.

Lilá(s) disse...

Olá
Onde anda a dona de 3 blogues tão bonitos?
Bjs

Cris Sousil disse...

Saudade das luzes que sempre acompanham os seus poemas!

Anderson Fabiano disse...

gaivota,

saboroso esse prazer de viver sob luzes tão especiais que pairam sobre as cabeças de uns tantos raros.

salve a Luz! salve a Poesia!

meu carinho,
anderson fabiano

http://anderson-fabiano.blogspot.com/

rouxinol de Bernardim disse...

Feliz Natal e que 2011 traga tudo o que de bom houver...

Maria Carmo disse...

A Maria Carmo tem estado a atravessar um período difícil... Passe no seu blogue onde os Filhos deixaram um pedido especial...

Isabel José António disse...

Neste Dia de Reis, vimos desejar um Feliz Ano Novo!
Depois de um ano terrível, actualizámos finalmente os nossos blogues.

Um abraço,

Isabel e José António
6 de janeiro de 2011

http://voolongo.blogspot.com/

http://flordojacaranda.blogspot.com/

http://reflexoessentidas.blogspot.com/

http://diarioestetico.blogspot.com/

http://newsletterfromlisbon.blogspot.com/

José María Souza Costa disse...

Belissimo. Coisas da Alma

Helena disse...

Também vim matar a saudade... e também meu coração se encanta com tua poesia!
Saudade, saudade, saudade!!
Beijo gigante!

Sonia Schmorantz disse...

Que bom receber novamente a tua visita, espero que esteja tudo bem contigo!
beijo