segunda-feira, 21 de abril de 2008

De onde vem?



De onde vem?

De onde vem a melodia
que se instala no ouvir,
que embala a poesia,
dá razão ao existir...
De onde vem essa ternura
que acomoda o coração,
põe no peito a fartura,
enche a alma de emoção...
De onde vem a plenitude
que expande a certeza,
põe no olhar grande quietude
derrubando a fortaleza...
De onde vem a paz serena
que harmoniza o viver,
põe no abraço ânsia plena
enche as mãos com bem querer...
De onde vem?
De onde vem?
gaivotadourada

2 comentários:

Lidianne disse...

De onde vem essa mulher...que encanta com teu sorriso, expressa calma , paz serenidade....de onde vem não sei ...mais com certeza veio esclarecer, ajudar , falar com o coração , no gesto doce meigo que a mim se faz.....sorriso
marcante que fala por si só. Te de onde vem tanta alegria...sabedoria e muita paciencia ...de onde vem...te admiro muito e agradeço à Deus por ter te colocado no meu caminho..com afeto Lidi.

aldenise disse...

TÊ!
Eu não sei ao certo de onde vem todas estas sensações lindas , mas arrisco um palpite: vem da alegria de se encontrar na vida alguma razão, algum sentido, tendo por companhia-guia uma pessoa especial-como eu tive - uma grande amiga -irn-mã como tu! Beijo, obrigada por este poema lindo! Aldene