segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Voares antes perdidos...



Voares perdidos no tempo
em tempo ainda me voltam
quando vislumbro no azul
rotas que a mim aportam...
Asas querendo buscar
motivos, linhas, destinos,
que deitam em frente ao voar,
são amores teatinos
que o coração teima ocultar...
Voares perdidos no tempo
em tempo ainda me voltam,
apostando na verdade,
abro as asas destinadas,
fechos os olhos pr'a razão

 e me lanço nesse azul

só seguindo o coração...

imagem: voares

4 comentários:

Raquel Oliveira disse...

Me encontrei aqui sabia... rs
Me lanço todos os dias no azul do céu e me vejo voando com esperança de um dia melhor...
Muito lindo!!!
bjos

Helena C de Araujo disse...

Eu fico longe um tempinho... e a poesia rendeeee.... kkk!! Maravilhoso poema!!!
Já disse né?
Beijooooo!

Chica disse...

É linda essa possibilidade de poder lançar-se aos vôos todos os dias. Voar e depois voltar!Lindo,terezinha!um beijo,tudo de bom,chica

Chica disse...

Terezinha,passei por AQUI PRA TE DAR OS PARABÉns PELO NOVO E LINDÍSSIMO BLOG. NÃO SEI COMO NÃO O HAVIA VISTO ANTES,ACHO QUE ESTOU PIRANDO. FICOU MUITO BOM, SÓ NÃO ACHEI LOCAL PRA COMENTAR POR LÁ. fAÇO AQUI ENTÃO.Gostei muito! um beijo,chica